Pesquisa do Instituto de Pesquisas Ilumeo aponta que 40% dos jovens que estudam ou trabalham com tecnologia querem abrir um negócio próprio nos próximos anos.  Normalmente, eles têm duas ou três ideias que acreditam ser muito promissoras. O levantamento foi feito durante a Campus Party, realizada entre 28 de janeiro e 3 de fevereiro, em São Paulo. A falta de investimento inicial é o principal entrave para 44% dos jovens que buscam abrir um negócio próprio, aponta o estudo.

Entre outras dificuldades, estão a falta de capacitação técnica (14%) e de conhecimento sobre administração e mercado (12%). O consultor em gestão de pessoas Eduardo Ferraz destaca que, mesmo desejando, nem todos terão sucesso na iniciativa. “Entre os oito mil participantes da Campus Party que disseram ter vontade de abrir o próprio negócio, cerca de 10% deles vão efetivamente tentar, e não mais do que 1% conquistará sucesso como empreendedor.”

Ferraz explica que, além da personalidade adequada, é preciso estar disposto a enfrentar enormes  esafios. “Muitas vezes a experiência vem com o tempo. Dificilmente um negócio vai dar certo na primeira tentativa, provavelmente só na terceira ou quarta. Entretanto, a experiência adquirida também com os fracassos ensinará muito ao jovem empreendedor”, comenta.

http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=116836

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.