Todos os anos no Brasil há um verdadeiro “exército” lutando por uma vaga nas universidades. Além da angústia da competição que em muitos casos é enorme, muitos perdem tempo e energia por não saberem exatamente qual curso escolher. O que fazer? E o medo de errar na escolha?

Para os jovens que faço aconselhamento de carreira, passo a orientação que eu mesmo gostaria de ter recebido no início dos anos 80, quando eu tinha meus 16 ou 17 anos. Naquela época me inscrevi, passei e concluí o curso de Engenharia Agronômica na Universidade Federal do Paraná. Hoje, com 48 anos de idade, posso afirmar que me dou muito melhor trabalhando como consultor na área de gestão de pessoas – atividade que exerço há mais de 20 anos e que não tem quase nada a ver com agronomia.

Com base nesses anos todos de experiência, posso afirmar que, mais da metade das pessoas com as quais trabalhei começaram em uma carreira e mudaram para outra diferente da que cursaram na graduação, às vezes mais de uma vez. Seria uma grande vantagem cursar uma faculdade que você tem convicção que será sua carreira para o resto da vida, mas poucos tem essa certeza.

Para escolher bem, faça uma lista daquelas profissões que você não gostaria de fazer de jeito algum. Depois faça a lista das que não tem certeza, mas acha interessantes. Por último, liste as que a encantam. Se sobrar pouca coisa, ótimo! Finalmente decida por aquela que você tem maiores chances de colocar seus talentos em ação, pois são eles que darão o “empurrão” na direção daquilo que você faz de melhor.

Se ainda assim continuar em dúvida, não opte por uma profissão muito específica como medicina, odontologia, geologia, matemática ou arquitetura. Eleja um curso que lhe permita amadurecer durante a graduação ou até alguns anos após ter se formado. Cursos que propiciem o aumento de sua cultura geral e que, ao mesmo tempo, permitam muitas opções de escolha de estágios (que é onde você vai ter uma ideia mais clara de como funciona a profissão) como, por exemplo: administração de empresas, economia, sociologia, comunicação social, entre outros.

Por isso, não fique tão angustiado, a maioria de seus concorrentes também está em dúvida. Pare um pouco e analise as opções! Não escolha o curso da moda, e sim, aquele que lhe dará mais chances de se destacar. Para quem é muito jovem parece complicado ouvir isso, mas é verdade: O sucesso será a soma de várias decisões durante a vida. Acertar o curso é só uma delas, boa escolha!

http://www.nota10.com.br/artigo-detalhe/4320_Hora-da-inscricao-para-o-vestibular,-e-agora-

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.