Publicado em: 22/10/10

Na última terça-feira (19/10), estive nas Livrarias Curitiba do Park Shopping Barigui para fazer o lançamento do livro ‘Por que a Gente é do Jeito que a Gente é’ – Editora Gente. Após ter explanado um pouco sobre o assunto abordado na obra, percebi o quanto as pessoas gostam, ou em outras palavras, precisam se identificar com conteúdos de livros que sejam úteis ao seu dia a dia.

Estou acostumado a falar com o público após as palestras, mas nesta terça-feira, entre as mais de 150 pessoas presentes, uma pergunta me chamou a atenção.

Primeiro porque ela partiu de um garoto de 14 anos. Acho que de toda a minha carreira como consultor e palestrante este foi o mais jovem expectador que me fez um questionamento. Segundo porque sua pergunta foi bastante pertinente.

Sua questão era: se mesmo tão jovem ele conseguiria mudar sua estrutura de personalidade. Se ele que era extrovertido poderia se transformar em alguém tímido ou vice-versa. Me chamou a atenção, positivamente o interesse e a preocupação do rapaz com o assunto, pois quanto mais cedo as pessoas se autoconhecerem maiores serão suas chances de acertar a profissão mais adequada .

A estrutura da personalidade nesta idade de 14 anos, muda muito pouco. As sinapses estruturais já estão formadas e o “jeitão” da pessoa definido. Porém é mais fácil sendo jovem, aprender conceitos (o acabamento) que poderão ajudar na futura carreira profissional.

Este garoto provavelmente ainda não decidiu o que fará da vida, porém se ele começar a aprimorar seus talentos, terá grandes chances de optar por uma atividade que lhe traga prazer, e que o conduza a uma vida emocionalmente saudável.

Moral da história – se você tem filhos pré-adolescentes, procure prestar atenção naquilo em que o garoto/garota é bom. Não fique apenas criticando as notas ruins ou alguma outra dificuldade comportamental. Também preste atenção e seus pontos fortes e nunca deixe de elogiar o seu bom desempenho em outras atividades. É ali que provavelmente estará seu futuro sucesso profissional.

Obs- O rapaz comprou o livro e me garantiu que leria…

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][fusion_button url=”http://pactive.com.br/wp-content/uploads/2011/03/quando-mais-cedo-melhor.pdf” target=”_blank” color=”red” ]Texto em PDF[/fusion_button] [/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *