Outro dia um amigo me pediu um conselho sobre o que deveria fazer para mudar os rumos de sua vida profissional. Há 10 anos trabalhando em uma mesma empresa, ele contou que já viu pessoas serem demitidas, promovidas, ganharem aumento e mudarem de função. Também teve vários chefes, só não viu nada acontecer com sua carreira.

 

Fui muito sincero com ele, e disse que nada acontece por acaso. Se uma pessoa está há 10 anos em uma empresa sem receber promoção, um aumento de salário ou sem receber convites para mudar de área, algo está errado.

 

Existem basicamente dois tipos de feedbacks, o positivo e negativo. Os negativos são críticas que o funcionário recebe por ter feito algo errado ou, em casos extremos, a demissão. Os positivos acontecem quando o profissional se destaca em algo e é elogiado, promovido, recebe aumento de salário ou é convidado a mudar para uma função mais desafiadora, em outro departamento, por exemplo.

 

Os feedbacks positivos e negativos são muito importantes para o crescimento profissional, já que, por meio deles, a pessoa tem uma medida de como proceder. Não receber feedbacks, para ser sincero, é muito mais grave que ser criticiado! Quando o indivíduo tem ambição, ficar muito tempo no mesmo cargo, sem saber o porquê, é muito ruim. A pessoa acaba se tornando invisível aos colegas e principalmente aos chefes.

 

O que sugiro para este amigo e para qualquer um que se encontre na mesma situação é que perguntem diretamente ao chefe imediato o que está acontecendo. “Como está meu trabalho?” “O que eu poderia fazer para melhorar?” “Em que áreas poderia me aprofundar?” Por que nunca recebo aumentos?”.

 

Se, mesmo procedendo assim e se dedicando ao máximo, perceber que você não é reconhecido e não há mais clima nem motivação, pense seriamente em mudar de empresa, já que em outros ambientes você terá novas oportunidades de se destacar.

 

Finalmente, penso que as pessoas não podem e não devem ficar tão passivas com relação à própria carreira. Se perceber que está estagnado, reaja e, se for necessário, mude para ter novos horizontes e novas perspectivas. Nunca é tarde!

 

(Eduardo Ferraz, consultor em Gestão de Pessoas há 21 anos e especialista em treinamentos usando como base a Neurociência comportamental. Acumula mais de 30.000 horas de experiência prática em empresas de vários segmentos. É pós-graduado em Direção de Empresas pelo ISAD PUC-PR e especializado em Coordenação e Dinâmica de Grupos pela SBDG. Autor do livro “Vencer é ser você”, da Editora Gente).

http://arquivo.dm.com.br/texto/gz/114860

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.